20/08/2012

Aprendendo com I Timóteo

1 Timóteo 5:8

Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.


 
Por Maurício Arruda

Bom, antes de qualquer coisa precisamos definir o que é família para entender o que o apóstolo Paulo quer nos ensinar no verso acima.

Segundo o dicionário, a definição que mais se enquadra em nossos dias é que família é o conjunto de pessoas que vivem na mesma casa ou o conjunto formado por duas pessoas ligadas pelo casamento e pelos seus eventuais descendentes.

Temos uma mania cultural de entender que família são todos os parentes, quando na verdade, não é desta forma que se deve definir família, ou seja, família são os da nossa casa, do mesmo teto, geralmente pai mãe e filhos se houver, os demais, se tornam apenas parentes.

Com isso entendido, o que aprendo aqui com a epístola paulina?

Além do óbvio, que precisamos cuidar da nossa família, e aqui em todos os aspectos, há uma série de ramificações que poderíamos aprender com esta passagem, mas hoje quero focar a leitura e a meditação aplicando-a ao ministério local onde muitos estão inseridos, ou estarão ao longo da sua vida cristã, uma vez chamados, e aqui me refiro a fazer parte de um ministério atuante quer seja diaconato, presbitério, intercessão, musical, zeladoria, etc e não apenas a ser membro de uma congregação embora este ensino sirva para todos.

Como pode alguém querer servir em algum ministério de sua igreja, se este ou esta pessoa não consegue cuidar do seu 1° ministério que é família? Como pode alguém achar que tem fé se o verso diz que o que vive desta forma NEGOU A FÉ E É PIOR QUE O INFIEL?

Infiel? Quem foi infiel com Jesus, ou melhor, qual foi o pior infiel humano bíblico de Cristo segundo as Sagradas Escrituras? Muitos, poderíamos responder aqui, mas o que mais me chama a atenção no ministério de Jesus é o traidor que fez parte dos 12, a saber, Judas Iscariotes.

Não bastasse esta semelhança, a Bíblia diz que o que não cuida da sua família é PIOR QUE O INFIEL. Então como podemos estar no ministério, servindo a Deus desta forma? A resposta é NÃO PODEMOS!

Deus se quer receberá o seu trabalho, é vão, torpe e inútil. Para Deus o mais importante primeiramente é a sua família. Não existe ministério, segundo as Escrituras, de infiéis. Na há a presença ou influência do Espírito Santo em quem se porta de tal maneira e sim de satanás, é duro este sermão, mas encare-o como uma exortação da parte de Deus.

Será que um dos problemas do seu ministério (que na verdade é de Deus), não prosperar não está relacionado à sua família? Será que você tem cuidado dos teus da maneira que a Bíblia ensina? Tem tido tempo com esposa, marido, filhos, irmãos etc, ou você é mais um daqueles que acha que estando 24 horas dentro igreja ou sendo um ativista descomedido tem agradado a Deus?

Na Bíblia sempre encontramos um direcionamento correto para todas as questões que norteiam nossas vidas. A diferença entre o que serve e o que não serve, é facilmente vista na obediência a qual temos aplicado os preceitos Bíblicos em nossas vidas diárias e nas coisas aparentamente mais insignificantes, mas que pra Deus são premissas indispensáveis.

Não seja apenas ouvinte, mas sim praticante.

Deus te abençoe.

2 comentários:

  1. Julio Tadeu30/08/2012 19:04

    A paz do Senhor Mauricio, quero parabeniza-lo pelo blog. Ficou muito bacana a nova cara e os post muito edificante. Que o Senhor continue te usando para edificar e transformar outras vidas, assim como tem acontecido com minha vida.

    ResponderExcluir
  2. Amém querido. Obrigado e Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir

 

Blogger news

Blogroll

About