27/05/2010

Discriminação

21/05/2010

Se liga nisso...

Hoje é o dia da tua benção



Sei que muito sofrimento você tem tido e sei que você já buscou muita ajuda em muitos lugares...

Pode parecer que tudo a nossa volta esteja conspirando contra nós. Os projetos não saem do papel; os sonhos nunca se realizam e as pessoas querem nos prejudicar. Esse pode ser o nosso pensamento.

Quanto mais alimentamos estes sentimentos, mais eles se intensificam “distorcendo a nossa visão”. Pensamos em maldição hereditária, pensamos em perseguição maligna, achamos que nossa mãe nos concebeu sem amor e tantos outros pensamentos poluem as nossas mentes a ponto de nos fazer entrar em desespero.

Por que tudo isso acontece? Por que tudo parece tão real e negativo, por que nossos piores pesadelos se concretizam? Por que aquilo que mais temíamos se tornou realidade?

Sei que muito sofrimento você tem tido e sei que você já buscou ajuda em tudo, até assistência de pessoas não tementes a Deus. Sei do seu desespero e sei exatamente como ele é: agudo, fere a alma, tira suas esperanças, abafa sua fé e lhe deixa sem forças, angustiado. Todos que já passaram por estes momentos pensam de igual modo.

Por meio de nossa visão, humana, pequena e limitada parece que nosso inimigo é um demônio gigante que nos arrasa dia a dia, nos esbofeteia e ri de nossa existência.

Se eu fosse meramente um escritor, teclando palavras e letras para você, sem saber o que lhe dizer para te ajudar de fato, talvez seria mais um que mente, que diz palavras ao vento.

Mas eu sou como você, igual, seu semelhante. E passei por muitas coisas ruins e às vezes me senti desamparado. Firme-se em cima desta frase: “obediência quebra maldição”. Seja obediente a Deus, à sua Palavra e você verá a mudança acontecer em sua vida. “Se atentamente ouvires a voz do Senhor, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que hoje te ordeno, o Senhor teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra.” (Dt 28).

Hoje é o dia de sua bênção. Hoje é o dia de Deus lhe dizer: “Você está curado”; “Eu te liberto”; “Não existe nenhuma culpa ou maldição sobre você.”

Saiba do grande amor de Deus por você. "Tudo o que é bom, tudo o que é justo, tudo que é amável, tudo o que é puro...Se há alguma virtude, se há algum louvor, seja isso que ocupe o nosso pensamento. " (Fp 4.8).

Cada uma de nossas culpas, cada dor, o castigo que nos traz a paz, Jesus levou sobre si. O preço para seu alívio já foi pago. Está consumado!

Fonte: Lagoinha.com

20/05/2010

O verdadeiro mover



Gênesis 1:2 - E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

Este é o primeiro versículo onde lemos sobre o Espírito de Deus. É interessante uma visão panorâmica do texto bíblico, pois a primeira vez que um assunto é mencionado, sempre se destacará uma informação relevante sobre ele.

Aqui, vemos que o Espírito se movia. Ele está em constante movimento. As coisas do Espírito não são estáticas. Não podemos limitar o trabalho que Ele tem feito apenas nas coisas aparentes.

Muitas vezes, enquanto não vemos a sua obra, Ele está em plena atividade em nosso interior, sarando nossas feridas e criando nossas raízes em Cristo Jesus.

Peça para que o Espírito Santo trabalhe em seu coração!

Deus te abençoe.

Fonte: Palavra que transforma

19/05/2010

Tô a Fim de Namorar!



Coisa boa é namorar! Quem já não sofreu de ''apaixonite'' aguda? Quem já não sentiu um nó na garganta e as mãos suadas ao trocar um olhar com a pessoa por quem o coração bate incontrolável? Existe um momento na vida de todos nós que namorar é quase uma obsessão. Tenho doces recordações do meu tempo de namoro.

Namorar é maravilhoso! É impossível casar sem namorar. É nesta fase da vida que duas pessoas irão se conhecer, trocar confidências, abrir o coração um ao outro, preparando-se para uma definitiva vida a dois. Este desejo é legítimo e realizá-lo torna-se imprescindível para o casamento. Foi Deus quem marcou o primeiro encontro dos enamorados, foi Deus quem ascendeu à lua, orquestrando os pássaros, e preparando todo o cenário para o primeiro casal de apaixonados. Deus se alegrou quando viu os olhares lânguidos do primeiro casal. Ele ficou feliz em ver os rostos dos apaixonados se iluminarem pelo amor. Sorrindo, Deus os abençoou.

Namorar é preciso! No entanto em busca deste necessário e legítimo desejo, muitas pessoas encontram sofrimento e decepção. Na aspiração de realizar sonhos e encontrar a felicidade algumas se tornam amarguradas e feridas; enquanto outras abusam, usam e se aproveitam dos corações vulneráveis. Como, então, evitar complicações futuras?

Nasci em Petrópolis, Rio de Janeiro; lá existem muitos poços, onde aprendi a nadar com meu pai. Papai me ensinou uma simples, sabia e essencial verdade para nadar e sair vivo de um poço. Nunca mergulhe num poço sem antes dar uma ''nadadinha'' primeiro. Descubra se o poço é fundo, se existem pedras no fundo. Quem pula de cabeça num poço pode acabar morrendo.

Este conselho simples se aplica muito bem no namoro. Todo aquele que ''pular de cabeça'' numa relação, sem conhecer a fundo com quem esta se relacionando, analisando os prós e os contras, pode acabar se ferindo gravemente. O difícil é controlar o desejo e ter o bom senso de dar a ''nadadinha''. A tendência de todos nós é mergulhar com a ''cara e a coragem''. ''Estou amando! Encontrei o homem/mulher da minha vida'', afirmamos imediatamente, partindo ''pra cima'' praticamos uma intimidade sem volta, crescente e perigosa. A Palavra de Deus, sabiamente afirma em Provérbios 6:27 ''Tomará alguém fogo no peito, sem que as suas vestem se incendeiem? Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?''. Muitos dissabores e mágoas seriam evitadas se o sábio conselho de meu pai fosse obedecido.

Outro ponto crucial é que a vida nos sinaliza quando algo não vai bem. A febre é um ''sinal'' nos alertando que alguma coisa está errada dentro de nós. O ranger constante de um carro que não consegue dar partida, também é um ''sinal'' de que o carro vai acabar nos deixando no meio do caminho. A desobediência aos alertas que recebemos ao longo da vida produz problemas que poderiam se evitados. Jesus afirmou: ''Chegada à tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está avermelhado; e, pela manhã: Hoje, haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Sabeis na verdade, discernir o aspecto do céu e não podeis discernir os sinais dos tempos?'' (Mateus 16:2-3).

É possível prevenir crises e encontrar o amor da sua vida. Para isto, basta apenas dar ouvidos a ''certos sinais'', que soam como um ''despertador'', nos alertando dos perigos. Ao ouvir, entender, e obedecer estes ''sinais de alerta'', você pode escolher um outro caminho, fazendo pequenas mudanças. Desta maneira, levar seu namoro a um seguro caminho de amor. Eu aprendi desde cedo que todos os aspectos da vida são influenciados pelas escolhas que faço. As circunstâncias e acontecimentos da vida são muitas vezes uma ''sacudidela'' para nos despertar. Somente chegaremos ao fim da jornada se acordamos e mudarmos de rumo. Quando teimosamente continuamos no mesmo caminho e atitude, a despeito dos sinais de alerta para mudarmos de rumo, certamente teremos experiências amargas e desastrosas.

Provavelmente a maioria de vocês assistiu ao filme ''Titanic''. O experiente capitão do Titanic recebeu seis avisos de alerta. Os avisos diziam para ele viajar mais devagar, mudar o curso, pegando a rota mais ao sul, onde as águas eram mais quentes, evitando assim os icebergs. Ele ignorou teimosamente todos os avisos de alerta. Como ele era o capitão, ele pensou, ''Este navio nunca afundará!'' Então, ouviu-se um estrondo pavoroso, e o gigante e poderoso navio atingiu uma enorme montanha de gelo. Ele afundou rápida e desastrosamente. Quem não muda de rumo quando recebe um sinal de alerta é candidato ao desastre. Quem muda o curso de sua vida quando avisado pode evitar o desastre e celebrar a viagem.

Este é um tremendo princípio que podemos aprender do Titanic. E este é também o maior de todos os segredos para fazer com que o amor dure para sempre. Esteja atento aos sinais de alerta da sua caminhada; dê ouvido a estes sinais; abra bem os olhos para enxergar estes avisos. Assim, você poderá mudar de rumo rapidamente, sem comprometer sua felicidade.

No entanto, quando estamos apaixonados, muitas vezes, nossos ouvidos ficam fechados aos inúmeros sinais de alerta que a própria relação nos oferece. Vejamos alguns sinais de alerta que afirmam que a relação precisa ser repensada.

1. O rapaz grita com a mãe. Ele vai gritar com a esposa.
2. Existe um descontrole financeiro no namoro, vai haver no casamento.
3. O namoro os afasta da vida com Deus.
4. Ele é violento.
5. Ela não permite que ele converse com outras meninas.
6. A paixão causa sofrimento, é doentia.
7. Alguém não se dá com a própria família ou com a do outro.
8. Um dos dois não é cristão.
9. Um dos dois não se envolve com a igreja.
10. A intimidade está indo longe demais.
11. Culpa
12. Discussões constantes

A lista é imensa. Certamente, enquanto você lê este artigo os ''sinais de alerta'' já estão despertando a sua consciência. Muitos apaixonados perdem o bom senso. Eles fecham os ouvidos e os olhos para estes sinais, quando acordam é tarde demais. O que começa errado acaba errado.

Caro leitor vá devagar, não ''mergulhe de cabeça'' numa paixão desenfreada ou você pode se dar mal. Ouça os sinais de alerta a sua volta! Mude de rumo, ou você vai ''afundar''. O desejo de Deus é a sua total felicidade. Permita que Ele guie a sua vida amorosa. Ilumine os seus passos com a luz da Sua Palavra. Busque a Sua amorosa direção e na dúvida não ultrapasse.

Fonte: Pr. Silmar Coelho

18/05/2010

Silêncio, apesar das boas novas


2 Reis 7:9 - Então disseram uns para os outros: Não fazemos bem; este dia é dia de boas novas, e nos calamos; se esperarmos até à luz da manhã, algum mal nos sobrevirá; por isso agora vamos, e o anunciaremos à casa do rei.

Quatro leprosos viviam do lado de fora da porta de Samaria, que estava morrendo de fome, por causa do cerco das tropas inimigas. Achando que, de uma forma ou de outra morreriam, resolveram ir ao arraial dos inimigos, para pedir comida. Em lá chegando, encontraram as tendas sem soldados, mas com abundância de comida. Após se fartarem e se vestirem, resolveram ir até o seu rei, para dar-lhe as boas notícias: "Este é dia de boas novas e nos calamos..." (II Reis 7:9).

Por que não compartilhamos com os mais necessitados as boas coisas que recebemos do Senhor? Será porque tememos ficar em falta, caso repartamos o que temos? Será porque experiências passadas de ingratidão nos tornaram indignados e insensíveis? Ou será porque nosso egoísmo é muito maior do que imaginamos?

Houve um jovem que, ao saber que Jesus precisava de comida, deu a Ele seu lanche inteirinho: cinco pães e dois peixes. Quando nos sentimos tocados pela compaixão e resolvemos compartilhar o que temos, através do Senhor, o milagre multiplicador sempre acontece: Ele aceita nossa pequena oferta, Ele abençoa, Ele multiplica, Ele atende aos necessitados. Hoje, como todos os dias, é dia de boas novas!

Fonte: Gotas Bíblicas - Pr. Olavo Feijó

13/05/2010

Onde está o seu tesouro?


“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. ” Mateus 6:21

Que lindas estas palavras de Jesus!
É um facto, aquilo a que nós mais damos valor nas nossas vidas, aquilo a que tentamos a cada dia fazer com mais afinco, é onde está o nosso coração.
A pergunta faz-nos reflectir…onde, na verdade, está o nosso tesouro?
A resposta que Jesus espera, é que o nosso tesouro esteja no céu, na nossa esperança, naquilo que só vemos pela fé! Se investirmos em usar o amor nesta terra,estaremos a amontoar tesouros no céu!
Mas a verdade é que muitos tesouros tentamos amontoar, que, na verdade, um dia desaparecerão e será como se nunca tivessem existido!
Gostava de estar permanentemente focado em acumular tesouros no céu, mas como falho que sou, isso acontece menos do que desejava.
O melhor que temos nesta vida é o privilégio imenso de conhecer o nosso Criador, o nosso Salvador e o Santo Espírito que nos consola diariamente…esse é o nosso alvo, é aí que devem estar os nossos tesouros!
Que Deus nos ajude a permanecer nesse desejo!

12/05/2010

Navio ou Canoas Furadas?

Há um episódio narrado em Atos 27 que nos serve de ilustração para resumir o que a Palavra de Deus diz sobre a predestinação. Quando Paulo navegava como prisioneiro para a Itália, houve uma grande tempestade no mar (vv. 18-20). Deus, então, enviou um anjo para dizer-lhe que todos escapariam vivos. E Paulo transmitiu a mensagem aos que estavam no navio, estabelecendo uma condição: permanecer na embarcação (vv. 22-31). Conclusão: "E assim aconteceu que todos chegaram à terra, a salvo" (v. 44).
Quando o pecado entrou no mundo, todos os homens foram nivelados ao estado de pecadores (Rm 3.23; 5.12). Deus podia ter posto fim ao "projeto homem", porém já tinha um plano redentor: "... encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia" (Rm 11.32). Em outras palavras, é como se Deus colocasse à disposição de toda a humanidade o "navio da salvação". Quem entrar nesse navio e permanecer nele até ao fim chegará ao "porto da salvação" (Hb 3.6). Quem quiser pode entrar em outras "embarcações" ou "canoas furadas".

Contudo, é melhor permanecer no "navio da salvação", em Cristo! Só há, pois, a segurança da salvação para as ovelhas que permanecerem na mão do Bom Pastor, que disse: "... dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão" (Jo 10.28). Ninguém pode arrebatar, raptar, o crente da mão de Jesus. Todavia, o crente pode negar a sua fé, seguindo a falsos doutores (2 Tm 4.1-5).

Quem confia cegamente na segurança da salvação, sem santificação e vida de renúncia, pode ser comparado àquelas pessoas que embarcaram no Titanic. Achavam que o navio jamais afundaria... Que engano! Em 2 Coríntios 1.13, está escrito: "Porque nenhumas outras coisas vos escrevemos, senão as que já sabeis ou também reconheceis; e espero que também até ao fim as reconhecereis". Vigiemos, pois, para que não soframos um "naufrágio na fé" (1 Tm 1.19). Atentemos para a advertência da Palavra de Deus, que diz: "Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia" (1 Co 10.12).

Por: Ciro Sanches Zibordi

11/05/2010

Hipocrisia



Apocalipse 2:9 - Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que se dizem judeus, e não o são, mas são a sinagoga de Satanás.

Jesus conhece também a hipocrisia religiosa. Os judeus julgavam ser o povo escolhido de Deus, mas não perceberam o movimento divino que trouxe Cristo até nós, cumprindo todas as profecias do Antigo Testamento a respeito da vinda do Messias.

A blasfêmia deles contra a Igreja mostravam que eles não pertenciam a Deus, mas à sinagoga de Satanás. Talvez você esteja vivendo uma profunda hipocrisia religiosa, escondendo atos imundos que tem praticado. Abandone essa vida, em nome do Senhor Jesus!

O Pai tem caminhos melhores para você! A justiça de Deus é infinitamente melhor do que o nosso pecado.

Que Ele te abençoe!


Passado o dilúvio, vá à luta!


A Arca de Noé encontra-se entre as histórias descritas no Livro de Gênesis, no Antigo Testamento. Essa narrativa (dos capítulos 6 a 8) dá conta da construção de um tipo de barco gigante, empreendida por Noé durante 120 anos, e suficiente para abrigar um casal de todas as espécies de criaturas, juntamente com Noé e sua família, com o intuito de preservá-los durante uma torrencial chuva que inundou a terra por quarenta dias.

A construção e utilização da arca eram parte de um intuito transformacional de Deus. É sabido que Noé empreendeu-se nessa tarefa, seguindo as instruções do Senhor e que o dilúvio (como ficou conhecida a inundação) precederia a renovação da terra e dos propósitos divinos para a humanidade. Portanto, a arca era um lugar aprovisionado para o tempo da adversidade, mas que seria logo substituído por algo novo.

É importante manter isso em mente porque os dilúvios são comuns nos nossos dias, senão na forma de torrentes de água, como problemas que, podendo envolver da solidão à perda de dinheiro, certamente (sabemos bem!) tem potencial para nos afogar. Assim, é preciso lembrar não apenas que, em meio à correnteza, Deus sempre nos proporciona um abrigo, como que essas situações são passageiras, na maioria das vezes funcionando como ponte para aquilo que o Senhor quer restaurar em nós.

É preciso manter em mente, ainda, que, nos momentos críticos, o refúgio que Deus nos providencia é temporário, de modo a que não nos acostumemos (e nos acomodemos) com ele e sejamos impedidos de progredir. Quando o dilúvio passou, Noé abriu a arca e reiniciou a sua vida; e devemos fazer o mesmo. Deus estará ao nosso lado, mas a iniciativa deve ser nossa.

Às vezes, o processo é doloroso e o recomeço parece lento, quase imperceptível. Mas é preciso tentar. Deus espera exatamente isso de nós. É hora de repensar os nossos caminhos, esquecer o que passou, colocar em ordem as nossas gavetas e deixar brotar novamente a esperança de ver os nossos sonhos realizados. Portanto, passado o dilúvio, vá à luta!

Em Cristo,

Ap. Rina

05/05/2010

Confiança no Pai


Alegria Pela Palavra Do Pai "Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio" (2 coríntios 1:20).

Um jovem, por várias circunstâncias, achou-se em grandes dificuldades financeiras sem saber o que fazer e nem que caminho tomar para solucionar sua crise. Seu pai, tomando conhecimento do que se passava com o filho, enviou-lhe um telegrama com poucas palavras. Uma grande alegria encheu seu coração logo que recebeu a mensagem. Tudo que o telegrama dizia era: "Conte comigo para o que precisar." Aquelas palavras significavam ouro para aquele filho necessitado porque conhecia seu pai e sabia que nunca mandaria uma mensagem como aquela sem que significasse exatamente o que o bilhete dizia. Com as palavras de seu pai nas mãos ele se dirigiu a um banco para poder resolver os problemas que o afligiam.

Que valor temos dado às palavras e promessas de nosso Pai?
Nós as recebemos com a convicção de que traz a solução para nossos problemas, nossa inquietação e nossas necessidades, materiais e espirituais, ou com a mesma indiferença com que recebemos um folheto de propaganda distribuído por meninos na rua?

Se guardarmos as palavras do nosso Pai no coração, como fonte inesgotável de bênçãos e como uma bússola que dirigirá nossos passos pelos caminhos das conquistas e da felicidade, mesmo que as adversidades nos ataquem por todos os lados, haverá paz e regozijo em nossa alma, porque sabemos que podemos contar com Ele em qualquer situação, por mais complexa que seja.

Muitos sofrimentos e muitos dias enfadonhos seriam evitados se recebêssemos as palavras de nosso Pai com a mesma fé com que aquele jovem de nossa ilustração recebeu as palavras de seu pai.

Você tem confiado nas palavras do Pai?
Fonte: Reflexão Diaria

Testando meu conhecimento bíblico 0003



Hoje nossa pergunta requer um pouco mais de concentração hein... Vamos a ela: Após a queda da Babilonia, quem foi o rei sucessor de Nabucodonosor:

( ) Mandrake
( ) Perguntinha de Araque
( ) Evil-Merodaque
( ) Avril Lavigne
( ) Belsazar

04/05/2010

Erros na Bíblia


A Bíblia está CHEIA de erros:

O 1° erro foi quando Eva duvidou da Palavra de Deus;
O 2° erro aconteceu quando seu esposo fez o mesmo;

E assim erros e mais erros ainda estão sendo cometidos...
Porque as pessoas insistem em dúvidar da Palavra de Deus?

A Bíblia está CHEIA de contradições:

Ela contradiz o orgulho e o preconceito;
Ela contradiz a lascívia e a desobediência;
Ela contradiz o seu pecado e o meu.

A Bíblia está CHEIA de falhas:

Porque Ela é o relato de pessoas que falharam muitas vezes ;
Assim foi com a falha de Adão;
Com a falha de Caim;
E a de Moisés;
Bem como a falha de Davi e a de muitos outros que também falharam.

Mas ela é também o relato do amor infalível de Deus.

Deus NÃO ESCREVEU a Bíblia:

Para pessoas que querem jogar com as palavras;
Para aqueles que gostam de examinar o que é bom mas sem fazê-lo;
Para o homem que não acredita porque não quer.

O homem moderno DESCARTOU os ensinamentos da Bíblia:

Pelas mesmas razões que outros homens tem descartado através da história;
Por grande ignorância a sua verdadeira mensagem e conteúdo;
Intransigente apatia em recusar considerar suas declarações;
Bem conhecidos pseudo-cientistas posando de críticos honestos;
Convicção secreta de que este Livro está certo e de que os homens estão errados.

Somente uma pessoa PRECONCEITUOSA acreditaria que:

Os ensinamentos bíblicos são passados e irracionais, sendo princípios arcaicos e sem propósito;
A Bíblia está cheia de discrepâncias e afirmações inaceitáveis;
Ela só poderia ser trabalho irrelevante e não inspirado de meros homens.

A Bíblia é, afinal, somente mais um LIVRO RELIGIOSO:

Para milhares que não se arriscam serem honestos consigo mesmos e com Deus;
Para os que tem medo de aceitar o desafio do próprio Deus a um exame honesto;
Para os que não querem examiná-la a fundo porque Ela diz verdadeiramente como os homens são.

E você não pode ENTENDER ou CONFIAR no que a Bíblia diz:

A menos que você esteja disposto a considerar as evidências e encarar face a face o AUTOR!

(Tradução de texto escrito por Winkie Pratney)

Porque Deus amou o mundo (e você) de tal maneira que deu seu único Filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Jesus Cristo é a única solução de Deus para o homem pecador. Ele é a CONEXÃO. Por meio dele você pode conhecer o amor e o plano de Deus para sua vida. Confia NEle!

Fonte: Um email de amigos

Indiferença

Faz algum tempo que me deparei com este conto, e num comentário de @diiamante, achei relevante para este início de ano.

Diz assim:

Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto de uma colônia de pescadores. Todas as manhãs ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano.

"Por que está fazendo isso?"- perguntou o escritor. "Você não vê! -- explicou o jovem-- A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem aqui na areia".

O escritor espantou-se. "Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma".

O jovem pegou mais uma estrela na praia, jogou de volta ao oceano e olhou para o escritor. "Para essa aqui eu fiz a diferença".

Autor desconhecido

O Senhor não nos chama para salvarmos o mundo todo, mas o mundo ao nosso redor, o mundo que podemos tocar e alcançar. Uma vida! Apenas uma. Ele não nos pede o mundo.

Que tal salvar UMA vida em 2010?
 
Fonte: Livres para Adorar

03/05/2010

Você é ciumento (a)? Leia e se informe


Essa é uma pergunta que todos deveriam se fazer. Andei verificando o que significava ciúme no Dicionário Aurélio, diz o seguinte: “Sentimento doloroso que as exigências de um amor inquieto, o desejo de posse da pessoa amada, a suspeita ou a certeza de sua infidelidade fazem nascer em alguém...". Parei por aí. É muito sério isso gente.

Como um cristão pode ser ciumento? Como um marido ou esposa pode ser ciumento (a)? Gálatas 5:19-21: Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.


Tiago 3:16: Porque onde há ciúme e sentimento faccioso, aí há confusão e toda obra má.


I Coríntios 13: 4-7: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não arde em ciúmes; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;
tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta".


Fico imaginando, o quanto deve ser difícil para um homem ou uma mulher sofrer por ciúmes. Mas, e o cristão! Porque tem ciúmes ? Porque o amor não sobressai sobre o ciúme ?


Porque existe tanta insegurança em uma relação? Não consigo imaginar como alguém que ama, que leva Deus a sério, que realmente crê nas promessas da Palavra pode ser ciumento.

A Palavra diz:

Efésios 5: 22-30:

Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;
23 Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
24 De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
25 Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
26 Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,
27 Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
28 Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
29 Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja;
30 Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.
31 Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne.


Como alguém pode ser uma só carne e ter ciúmes? O ser uma só carne é ser um em tudo ! É ser uma só carne, uma só mente e um só coração. Como pode ser isso . O corpo físico é um do outro, seus pensamentos são um para o outro, assim como seus corações. O amor entre um homem e uma mulher, no Senhor, é isso. As necessidades físicas, sexuais, devem ser satisfeitas um com o outro, os seus desejos, seus pensamentos devem ser em fazer o outro feliz, o seu coração deve amar seu cônjuge acima de tudo e de todos, só abaixo do seu amor pela Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo).


Como pode amar alguém e desconfiar dessa pessoa?


No verso 25, de Efésios 5, citado anteriormente diz que devemos amar nossa esposa, como Cristo amou a igreja, e a si mesmo entregou por ela. O mesmo se diz para as mulheres que devem estar sujeitas a seus maridos em tudo.


No Aurélio, desconfiar significa: Supor, julgar, não ter confiança, suspeitar, duvidar, entre outras definições. Como um cristão que leva a sério a Palavra, pode não confiar no seu cônjuge? Aonde está o amor verdadeiro? Julgar no Aurélio é Decidir como juiz ou árbitro; sentenciar, imaginar, conjeturar, formar opinião sobre, avaliar.
 Em Hebreus 13:4 diz: Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará.


O ciúme não leva as pessoas ao crescimento, a alegria, ao amadurecimento, mas leva ao sofrimento, a dor, a desconfiança, ao desentendimento. Quantos casamentos se abalam quando existe o ciúme. Confiar é segundo o Aurélio: Ter confiança; ter fé; esperar, acreditar. pôr confiança, esperança (em alguém ou em alguma coisa), confidenciar.

Quem confidencia sua vida, seus pensamentos, seus desejos, seus sentimentos com alguém a quem não confia? Quem não confia, fica desesperado com atrasos, com amizades, suspeita de tudo e de todos. Conta-se que uma linda e simpática mulher, carismática, atraente aos olhos das pessoas, porque seu sorriso era encantador, sua voz transmitia paz, segurança, alegria em viver, era casada com um homem muito ciumento, mas que nunca demonstrava para ela esse ciúme que sentia dela, ele sofria por dentro.


Por muitas vezes ele ardia em ciúmes, só por ver sua esposa conversando com muitas pessoas, sempre rodeada de amigas e amigos, pessoas que gostavam muito da amizade dela, porque sempre tinha uma palavra de conforto, de incentivo, de alegria, sempre mostrava o lado bom das coisas.


Um dia, morrendo de ciúmes, ele começou a seguir sua esposa, ouvir atrás da porta suas conversas ao telefone, revirar sua bolsa enquanto ela dormia a procura de alguma coisa que a delatasse, nunca encontrava nada. Certo dia, ouviu meia conversa de sua esposa com outra pessoa, sobre o encontro na casa dessa pessoa, no início da noite.

O marido, ardendo em ciúmes, ficou atento aos movimentos de sua esposa naquele dia, tudo parecia muito suspeito, ela fazia muitas ligações de seu celular, querendo esconder alguma coisa, falava em tom um pouco mais baixo do que de costume, era muito estranha a atitude dela naquele dia. Ele a estava seguindo, mas por um problema no trânsito, perdeu sua esposa de vista, ficou irado, furioso. Tentou ligar para o celular dela e só dava ocupado, ou fora de área. O que será que ela estava fazendo, com quem ela estava naquele momento.


Aí recebeu uma mensagem pelo celular dizendo “ me pegue as 19:00 horas em tal endereço “. Ele olhou no relógio, faltavam ainda alguns minutos, correu desesperado até o endereço dado, pensando muita bobagem pelo caminho, até que chegou em frente a casa cujo endereço ela tinha dado, estava tudo meio escuro, apenas uma pequena claridade em uma das janelas, a cortina estava fechada, uma pequena sombra movimentava-se, talvez ela estivesse lá, com alguém, e não suspeitasse que ele viria mais cedo.

Ele como um raio abriu a porta e precipitou-se para dentro da casa, na escuridão, batendo-se pelos móveis, fazendo um barulho enorme, quando num repente a luz se acendeu, a casa estava lotada de amigos, colegas de trabalho, parentes e sua linda esposa, cantando para ele ...parabéns prá você... É de se imaginar a cara que ele ficou quando se deparou com aquele cena.


Isso é apenas uma estória, mas ilustra muito bem o que o ciúme pode fazer com uma pessoa.


Se vocês levam Deus a sério, não deixem o inimigo colocar barreiras entre você e seu cônjuge, rejeite qualquer atitude que está fora da Palavra. Lembre-se do que diz em Romanos 13 : 9-10, Com efeito: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.


Ou o que diz em Gálatas 5:22: Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.


Conclusão:

Vale a pena ser ciumento? Vale a pena viver uma vida de desconfiança, suspeitando de coisas irreais sobre seu cônjuge ? Vale a pena viver fora da Palavra ?


Paulo de Abreu Marcondes
Igreja Batista do Bacacheri - Curitiba/PR
pauloamarcondes@yahoo.com.br

Fonte: Sexo Cristão
 

Blogger news

Blogroll

About