29/08/2011

Testando meu conhecimento bíblico 0010

Muitas vezes, por ouvir pregações parecidas e referências iguais, chegamos a gravar certos versículos sem mesmo ter lido tais versos. Isso é um perigo, visto que o homem (eu, você, o pastor, o missionário, etc) é falho, então de repente você está ouvindo e gravando algo em sua mente que nem sempre é o que a bíblia realmente diz.  O teste de hoje é bem simples para quem está com a leitura em dia e sempre recorre à bíblia (assim como os bereanos Atos 17:11) para se ter a certeza se o que está sendo dito é realmente bíblico.



Vamos ao teste: Complete o versículo de Mateus 6:33 "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça,..."

( ) e todas outras coisas vos serão acrescentadas.
( ) e todas as coisas vos serão acrescentadas.
( ) e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
( ) e todas as demais coisas vos serão acrescentadas.


atenção:
Se você já respondeu ao teste e quer saber se sua resposta está correta, além de quais são as coisas que o Senhor realmente promete aos seus filhos, é só ler Mateus 6 a partir do verso 25. Certamente ficará surpreso e verás que muita gente usa este verso de forma equívocada e quem sabe pode ser o seu caso. Louvado seja Deus pela sua maravilhosa Palavra.

24/08/2011

Santidade - # 2



2) A santidade implica principalmente na mortificação do pecado que habita em nós.

Apesar de regenerados e de possuirmos uma nova natureza, o velho homem permanece em nós e carece de ser mortificado diariamente, pelo poder do Espírito Santo. É necessário mais poder espiritual para dominar as paixões carnais do que para expelir demônios. E, a julgar pelo que estamos vendo, estamos muito longe de estar vivendo uma grande efusão do Espírito. Onde as paixões carnais se manifestam, não há santidade, mesmo que doentes sejam curados, línguas “estranhas” sejam faladas e demônios sejam expulsos. Não há nenhuma passagem em toda a Bíblia que faça a conexão direta entre santidade e manifestações carismáticas. Ao contrário, a Bíblia nos adverte constantemente contra falsos profetas, Satanás e seus emissários, cujo sinal característico é a operação de sinais e prodígios, ver Mateus 24.24; Marcos 13.22; 2Tessalonicenses 2.9; Apocalipse 13.13; Apocalipse 16.14.



Mateus 24:24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

Marcos 13:22 Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.

2 Tessalonicenses 2:9 A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira.

Apocalipse 13:13 E faz grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens.

Apocalipse 16: 14 Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.

Deus Abençoe.

Para ver a postagens anterior da série Santidade clique: Santidade - # 1

Fonte: O Tempora, O Mores - Augustus Nicodemus Lopes

16/08/2011

Santidade - # 1

Posso assistir novela? Sexo antes do casamento pode? Cabelo comprido é de Deus? Não gosto de saião de crente, e agora? Sou tatuador, vou ir pro inferno ou sou menos santo por isso?




Muito se fala sobre santidade. Alguns são argumentos bíblicos, outros voltado à visão dos ministérios, etc. Nesta série "Santidade", dividida em 6 partes, abordaremos temas que nada tem haver com santidade onde muitos tropeçam ao longo da caminhada cristã em seus questionamentos. Bastaria então fazer uma análise bíblica para entendermos melhor acerca do assunto que em muitos arraiais, hoje já não se tem tanto espaço, em outros, não passam de criações da mente humana que estão muito distantes da verdade bíblica. Vale lembrar que "não" estamos aqui falando sobre visão ministerial.

1) A santidade não tem nada a ver com usos e costumes.

Ser santo não é guardar uma série de regras e normas concernentes ao vestuário e tamanho do cabelo. Não é ser contra piercing, tatuagem, filmes da Disney, a Bíblia na Linguagem de Hoje. Não é só ouvir música evangélica, nunca ir à praia ou ao campo de futebol e nunca tomar um copo de vinho ou uma cerveja. Não é viver jejuando e orando, isolado dos outros, andar de paletó e gravata. Para muitos, santidade está ligada a esse tipo de coisa. Duvido que estas coisas funcionem.

Elas não mortificam a inveja, a cobiça, a ganância, os pensamentos impuros, a raiva, a incredulidade, o temor dos homens, a preguiça, a mentira. Nenhuma dessas abstinências e regras conseguem, de fato, crucificar o velho homem com seus feitos. Elas têm aparência de piedade, mas não tem poder algum contra a carne. Foi o que Paulo tentou explicar aos colossenses, muito tempo atrás: "As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne." (Colossenses 2.23).

Ame Geral - Deus te abençoe!

Fonte: O Tempora, O Mores - Augustus Nicodemus Lopes

08/08/2011

Satisfeito com o que o Senhor lhe tem suprido ou tá faltando algo?

Salmos 23:1 - Salmo de Davi - O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.



Apesar das muitas faltas que teve na vida, Davi proclama: "O Senhor é meu Pastor - nada me faltará" (Salmo 23:1).

Este Salmo tem sido citado para encorajar os cristãos que, apesar de sempre receber do Senhor a satisfação de suas necessidades básicas, desejam mais do que aquilo que recebem. O raciocínio deles é assim: se o Senhor não deixa faltar nada, então o limite das nossas bênçãos deve ser estabelecido por nós próprios.

"Se existem carros maiores e melhores, por que nos contentarmos com um motor 1.0?"

O Senhor não é um servo dos nossos caprichos! Seu amor doador é sempre sábio e equilibrado. Há coisas que parecem boas, no início. Com o tempo e a experiência, elas vão revelando seu lado perverso. E é exatamente dessas coisas que o Senhor se ocupa em nos libertar. Por isso, baseados no contexto bíblico sobre a providência divina, é legítimo afirmar que o "nada nos faltará" do Salmo 23 não deve incluir o supérfluo, as necessidades desnecessárias.




Consequentemente, mesmo parecendo repetitivo, é legítimo afirmar o seguinte: o Senhor conhece perfeitamente nossas necessidades básicas. A satisfação dessas necessidades essenciais é que são garantidas pelo Senhor. Esta foi a experiência do Rei Davi. Esta deve ser a nossa experiência. Medite no capítulo de Mateus 6 para uma mellhor compreensão desta devocional.

Deus abençoe.

Fonte: Pr. Olavo Feijó
 

Blogger news

Blogroll

About