12/07/2010

Maldade


A maldade humana parece não ter limites: guerras, terrorismo, violência, destruição da natureza ou de vidas por motivos fúteis.

De onde vem tanto potencial para a destruição?

"Não há nenhum justo, nem um sequer, não há ninguém que entenda, ninguém que busque a DEUS. Todos se desviam, tornando-se juntamente inúteis, não há ninguém que faça o bem, não há nenhum sequer. Suas gargantas são um túmulo aberto, com suas línguas enganam. Veneno de serpentes em seus lábios. Suas bocas estão cheias de maldição e amargura. Seus pés são ágeis para derramar sangue, ruína e desgraça marca seus caminhos e não conhecem o caminho da paz. Aos seus olhos é inútil temer a DEUS"
Romanos 3.10-18

Ai está a raiz do mal, a perversidade humana tem sua origem no pecado. Na época do dilúvio ela aumentou tanto que DEUS decidiu destruir quase toda a humanidade - sobrou apenas a família de Noé.

O ser humano se mostra inimigo de DEUS e transforma sua vida em uma tragédia. O que é necessário para mudar essa história?

" Que o ímpio abandone o seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se para DEUS, que terá misericórdia, volte para o nosso DEUS, pois ele dá de bom grado o seu perdão"

Isaías 55.7 Pão diário.


por: Renato Marins

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

About