15/09/2011

Santidade - # 4

Em nossa quarta postagem sobre Santidade, entenderemos que a santificação faz parte da vida daqueles que verdadeiramente confiaram suas vidas a Deus. Que seja eu, que seja você para honra e glória de Deus. 


A santificação é um processo irresistível na vida do verdadeiro salvo.

Deus escolheu um povo para que fosse santo. O alvo da escolha de Deus é que sejamos santos e irrepreensíveis diante dele (Efésios 1.4). Deus nos escolheu para a salvação mediante a santificação do Espírito (2Tessalonicenses 2.13). Fomos predestinados para sermos conformes à imagem de Jesus Cristo (Romanos 8.29).

Muito embora o verdadeiro crente tropece, caia, falhe miseravelmente, ele não permanecerá caído. Será levantado por força do propósito de Deus, mediante o Espírito. Sua consciência não vai deixá-lo em paz. Ele não conseguirá amar o pecado, viver no pecado, viver na prática do pecado. Ele vai fazer como o filho pródigo, “Levantar-me-ei e irei ter com o meu Pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti” (Lucas 15.18).

Ninguém que vive na prática do pecado, da corrupção, da imoralidade, da impiedade, – e gosta disso – pode dizer que é salvo, filho de Deus, por mais próspero que seja financeiramente, por mais milagres que tenha realizado e por mais experiências sobrenaturais que tenha tido. (Leia Romanos 8)

Que Deus te abençoe.

Fonte: O Tempora, O Mores - Augustus Nicodemus Lopes

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

About