05/08/2012

A letra mata? Penso que o que mata é a ignorância...

Por Maurício Arruda

Não foi uma única vez que vi e ouvi pregadores modernos ensinarem a sã Doutrina de forma equivocada e porque não dizer herética. Isso se dá pelo notório despreparo teológico, hermenêutico e exegético destes pregadores.




Os púlpitos estão cada vez mais distantes da verdade bíblica e, consequentemente o ensino, sendo distorcido descaradamente, influenciando toda membresia aos mais estúpidos erros, formando cristãos alienados e meninos inconstantes, conforme dito pelo apóstolo Paulo na carta aos Efésios (Efésios 4:14).


Claro que cada cristão é responsável por sua vida espiritual todavia, o ensino bíblico e a pregação, jamais devem ser postas de forma distorcida, onde são retirados textos fora de contextos e expostos erroneamente.

Certamente aqui, o problema seria muito menor se o brasileiro cristão não fosse um povo analfabeto de bíblia, mas infelizmente o quadro é este; povo que só alimenta de palavra de púlpito, facilmente é levado ao engano.

Desta vez, o então pregador em questão até que estava indo bem expondo de maneira bem simples a importância das Escrituras para uma vida cristã saudável, não fosse pelo infeliz disparate: "A palavra mata!".

Primeiramente, entendo que nem deveria ser falada tal coisa, uma vez que a intenção do pregador era levar o povo à consciência da Palavra de Deus na vida cristã e em segundo lugar, o verso de 2° Coríntios 3:6, jamais significa que a palavra (na verdade a Letra), mata alguém. Isso certamente é uma blasfêmia.

Fica claro no contexto que a "letra" à qual Paulo se refere são os dez mandamentos ou a lei, que foi dada a Israel através de Moisés com o propósito de provar o homem e revelar que ele incapaz de seguir a lei e é aí que entra a Graça de Cristo morrendo em nosso lugar.

Portanto, quando o apóstolo diz que "a letra mata", ele está dizendo que a lei tem o papel de condenar, não pode dar vida. Como poderia este ensino ser verdade se o próprio Jesus disse em João 5:39: Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam.

Isto posto, quero me valer novamente das palavras do grande apóstolo em: Tito 1:9-11a:

Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes.
Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão,
Aos quais convém tapar a boca
.

Não seja enganado. Leia as Escrituras, ore!

Deus te abençoe.

2 comentários:

  1. Boa Tarde Mauricio, glória a Deus por essa postagem e pela sua vida. Seu blog esta uma benção e muito edificante.

    ResponderExcluir
  2. Querido anônimo. Vou deixar uma postagem de como postar comentários sem ser de forma anônima, se assim desejar postar.

    Persever NEle.

    ResponderExcluir

 

Blogger news

Blogroll

About