07/03/2013

Cura e Libertação para crentes?! Até quando?

Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. (2 Coríntios 5:17)
Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura. (Gálatas 6:15).


Por Maurício Arruda

O quê a falta de hermeneutica e exegese podem fazer com uma igreja? Para onde a leitura superficial dos textos Bíblicos pode conduzir uma igreja fraca e débil? Resposta simples: à Heresia!
 
Antes cada um de nós (que somos a igreja), deveríamos ser como os bereanos. Leia (Atos 17:11)
 
Hoje o que mais se vê dentro das igrejas neopentecostais, é um amontoado de baboseira e entretenimento exacerbado. Hoje a quase 8 (oito) anos de conversão, posso afirmar com propriedade que já vi de tudo um pouco, e confesso que o conteúdo destas igrejas mais se parece com uma sopa entulho e menos com o evangelho genuíno.
 
Os púlpitos estão cheios de gente despreparada que não tem nenhum conhecimento bíblico teológico e suas pregações são na verdade, distorções com uma exposição de textos fora do contexto.
 
Claro que ainda há o fator "viver a Palavra", que notoriamente vemos que a maioria dos que pregam não vivem 10% do que proferem ou pregam. Fariseus hipócritas!
 
Estes que vivem no engano, são frutos deste modelo de igreja atual, onde orações são feitas somente nos cultos, onde vida devocional, somente aos domingos, gente que é sempre derrotada por toda sorte de pecados como mentiras, fornicação, lascívia, prostituição, bebedices etc. Gente que não passa de marionetes de coronéis avarentos, super apóstolos que se auto-proclamaram interessados em suas vaidades, viagens, carros importados e vida luxuosa.
 
Pobres almas que estão mais próximos da boca do inferno do que do Reino de Deus. E o pior, acreditam que servem a Deus com suas vidas religiosas. Desconhecedores da sã doutrina que desvalorizam o sacrifício vicário.
 
Seminários atrás de seminários, ano após ano e sempre o mesmo tema: cura e libertação para convertidos. Pergunto: Teria validade estas práticas? Meu Deus que pobreza!
 
Já vi pastores obrigarem toda liderança a frequentarem estes seminários onde alguns chegam até a ter que fazer regressão espiritual, tipo nova era dentro da igreja, onde o crente é obrigado a lembrar de coisas passadas e se este não participar de tais práticas, é taxado como satanista, anticristo, rebelde, etc e fica na lista negra da igreja.
 
Na verdade me desculpe a franqueza, mas isso me causa nojo e indignação! Isso geralmente acontece quando o recém-convertido está passando pelo seu primeiro amor, pela alegria de ter encontrado Cristo e no fim, acaba virando uma prática comum na vida deste membro.
 
São manipuladores das Escrituras! Veja o que diz o verso de 2 Pedro 2:3: "E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita".
 
Isso sem falar da doutrina das maldições herdadas, conhecida como maldições hereditárias (as que resistiram a Cruz do calvário), que blasfêmia, um insulto à palavra de Deus.
 
Haveria então um poder especial de "ministros" sobre tais maldições e pecados que Jesus Cristo não venceu?
 
Isto é um verdadeiro absurdo! É como propor cura à prestação. Isso nada mais é que desvalorizar o sacrifício de Jesus na cruz e dizer que este não foi o bastante, seria como dizer que Deus não é soberano. 
São tantas heresias e besteiras, mover profético, cura interior, libertação, mapeamento, atos proféticos, satanismo, unção do riso, do leão, ativa isso, desativa aquilo, etc. Socorro!
 
Quero apenas prosseguir em conhecer Jesus (Oséias 6:3 ) e viver a regeneração em meu caráter dia após dia, mediante a vida de oração e leitura da palavra de Deus, fato este que dificilmente é pregado nos púlpitos, pois afinal, isso pode afastar o membro da igreja. Quem é que gosta de ser confrontado?
 
É hora de parar com estas práticas esquisitas e pregar o evangelho simples e verdadeiro, o evangelho de Jesus Cristo que é o Único que liberta, cura e restaura. (João 8:36). Não precisamos de fórmulas mágicas. Precisamos é ler as Escrituras e aplicá-las aos nossos dias hoje.
Sei que muitos ao lerem esta postagem vão me taxar de rebeldão, semeador de contendas, crítico, como já fui taxado outrora, fundamentalista, etc. Para estes deixo mais estas passagens da sã doutrina: "Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus" (2 Coríntios 2:17) e "E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo" (Marcos 13:13).
 
Para muitos igreja é isso, muito entretenimento, festas de todos os tipos, bailes para encontrar candidatos(as) para casamentos, mundanismo dentro da igreja, ringues de lutas, oba oba, teologia fraca e rasa que trazem sempre a mesma revelação da passagem que esta sendo pregada, modismos, clube do bolinha, evangelho fácil, vida próspera a qualquer preço, palavras que massageiam o ego, mas não falam de arrependimento, não confrontam o caráter sujo da maioria dos membros e líderes manipuladores, gente que é cristã apenas da porta da igreja para dentro, preocupados em cumprir uma agenda de ministério e escalas, quando na verdade, deveriam se preocupar em ter um caráter santo e regenerado diante de Deus que deseja nosso coração.
 
Isto posto, deixo uma frase para meditação: "Acorde em quanto é tempo e volte ao Evangelho simples e verdadeiro, conheça o Cristo, a saber Jesus, Único, O grande Eu Sou, conheça-O, ame-O, e então seja liberto. Busque a regeneração em Jesus dia após dia e medite nas Escrituras insistentemente."
 
Que Deus tenha misericórdia de nós.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

About