29/04/2010

Discernindo os tempos

Por Maurício Arruda

Eu considero muito importante discernirmos o tempo, a dispensação em que vivemos. Não podemos perder o passado de vista, pois ele é o alicerce do presente. Não podemos negligenciar o amanhã, por ser a nossa esperança, também não podemos perder o “hoje”, pois, o hoje é nossa realidade, é a boa terra para semearmos para o nosso futuro. A Bíblia nos diz na carta aos Hebreus 3:12 que o tempo de Deus se chama HOJE.

Hebreus 3:12-15 “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo. Pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado. Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos. Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como foi na provocação”.

Isto é muito interessante. HOJE é o nome do tempo de Deus. É como se Deus, por sua magnífica Onisciência, fundisse aquilo que fomos, que somos ou poderemos nos tornar, e dissesse: HOJE, quando ouvires a minha voz não endureça o seu coração. Ou seja, HOJE, a respeito das lembranças do passado, da vida presente e dos propósitos futuros, quando ouvirdes a voz do Senhor teu Deus não endureça o teu coração. HOJE, seja perdoado e perdoe a si mesmo e aos outros relativo ao seu passado. HOJE descanse na minha magnífica presença e HOJE confie no teu Deus quanto ao teu futuro. Relaxe, amoleça o seu coração, seja obediente e entraras no descanso de Deus.

Ninguém, nem mesmo Deus pode mudar o seu passado, mas Deus pode mudar você no que diz respeito ao seu passado. Ele te perdoa. Pronto, está feito, pelo poder do sacrifício de Jesus Cristo, o seu passado continua o mesmo, mas você não é mais o mesmo, é uma nova criatura. E o futuro? O futuro é um mistério e está nas mãos de Deus, mas um dia, quando o futuro se transformar no presente, Deus o confiará em suas mãos, será o seu presente, um tempo de colher e de plantar. O Senhor nosso Deus planejou toda espécie de bondade e felicidade para o nosso futuro, mas esse futuro depende radicalmente da forma que reagimos aas situações no presente, daquilo que plantamos aqui e agora.

Jeremias 29:11 “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais”.

O presente tem duas faces, uma passiva e outra ativa, que também podem ser chamadas de “receber e dar, colher e plantar”. Na face passiva do presente colhemos de Deus aquilo que plantamos no passado. Na face ativa nós reagimos de forma negativa ou positiva, obediente ou desobediente, ou simplesmente não reagimos quando recebemos de Deus o resultado daquilo que plantamos no passado. O nosso comportamento com o presente determinará a nova colheita no futuro. É um novo plantio.

Eclesiastes 11:4,6 “Quem somente observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará. Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.”

Josué 1:8 “Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” O Senhor Deus deixou Josué responsável por fazer prosperar o seu próprio caminho e ser bem-sucedido. O que Josué deveria fazer era semear a palavra de Deus dia e noite. Lucas 8:11 “Este é o sentido da parábola: a semente é a palavra de Deus.”

Semeia ela e baseado nela… ela tem vida própria. Profetize um futuro abençoado para você.

Deus te abençoe.

Pr. Antonio Cirilo

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

About