09/01/2011

Que tipo de leitura faz sua cabeça?

Por Maurício Arruda

Se é que lemos, em que tipo de leitura temos investido nosso tempo? Fico impressionado com a tendência como os cristãos, na maioria, neopentecostais, tem demonstrado quando o assunto é leitura. Quero dizer com isso, que infelizmente, a bíblia não é o livro mais lido, embora ainda ocupe o posto de mais vendido. Estima-se que até hoje já tenham sido vendidos 11 milhões de exemplares da versão integral, 12 milhões de novos testamentos e 400 milhões de brochuras com fragmentos dos textos originais.

Pasme o leitor, os temas que mais atraem os cristãos, especificamente os que podemos chamar de novos cristãos ou neopentecostais, são os livros onde os temas menos tratam acerca do conhecimento de Deus. A preferência hoje, está nos livros que de algum modo explanam as facetas do diabo. Temas como "satanismo", "demonismo", "quebra de maldições", entre outros destes gêneros, são vistos comummente nas mãos destes leitores.

Não quero entrar no mérito de qual tipo de leitura é melhor ou pior para o cristão, contudo, percebo que esta tendência é absurdamente maior quanto à leitura do Evangelho. Creio ainda que a fé e no que cremos, é algo peculiar, mas certamente o nosso tempo e dedicação à palavra deveria ocupar o topo de nossas leituras. É notório o fascínio que os cristãos investem neste tipo de leitura, o que é inversamente triste em constatar que o mesmo apreço não se faz com a palavra de Deus.

O pior acontece, quando por conta destas leituras e o descaso para com a bíblia, surjam as heresias, as fantasias na mente, a fé superficial e rasa e até mesmo as contradições e conflitos na vida com Deus. Quantas vezes ouvi coisas que sequer são dignas de serem pronunciadas ou escritas, de pessoas que vivem um cristianismo irresponsável, levando-os a frustrações profundas, pois desconhecem as Escrituras, logo, não vivem a plenitude de Cristo e o amor escandaloso do Pai.

Prefiro me valer das palavras de Lucas em Atos 17:11 "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim".

Creio que o ideal é viver a vida cristã fundamentando-a na palavra de Deus. A bíblia jamais, para o cristão, seja o neopentocostal ou um "assembleiano" tradicional, ser um livro secundário. A bíblia nos livra do engano, das heresias, das pregações infundadas e certamente dos equívocos causados por leituras dos gêneros diversos. Invista tempo no conhecimento de Deus. "Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR Oséias 6:3a."

Para finalizar reflita nas palavras de Provérbios.

Provérbios 2

1- Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos;
2- Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento;
3- Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz;
4- Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares;
5- Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus;
6- Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento;
7- Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade.

Deus abençoe.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Blogger news

Blogroll

About